Recentes

Saiba identificar uma cópia falsa do álbum Origin


Lançado no ano 2000, o álbum Origin do Evanescence, continua tendo centenas de cópias falsificadas à venda pela internet. Nos últimos dias o assunto voltou a circular entre os fãs da banda. Em sites de compras e vendas é possível encontrar a cópia falsificada do álbum sendo vendida por até R$ 1.600,00.

Encontrar uma cópia original desse álbum não é fácil. O álbum é raro, existem apenas 2.500 cópias originais lançadas quando a banda ainda não havia atingido o ápice do sucesso. Então se você pretende comprar esse álbum para sua coleção, fique atento e dê uma olhada nas nossas dicas:

1 - Apesar dos vários lançamentos diferentes encontrados em sites de bancos de dados como o Discogs e o Rate Your Music, existem apenas DOIS verdadeiros. O primeiro lote foi entregue (outubro de 2000) alguns dias antes de sua data de lançamento e o segundo lote foi encomendado em janeiro de 2001. Todas as cópias foram lacradas pelo fabricante, ok?
2 - Questione! Para começar, pergunte ao vendedor sobre origem do álbum, país em que comprou para revenda, loja ou site. Existem apenas cópias importadas. Pergunte qual é o código que aparece no anel interno do CD, no primeiro lote, composto por 1000 cópias o código é CRT BWE0002 N1222M, no segundo lote, composto por 1500 cópias, é CRT BWE0002 X0A21C (em fonte bitmap).
3 - Boatos dizem que houveram pré-lançamentos, lançamentos promocionais e lançamentos no Reino Unido, essas informações são falsas. O Origin foi lançado em 4 de novembro de 2000, em Little Rock, Arkansas e liberado do acordo em 2001 com a Bigwig Enterprises e contratualmente, BigWig teve que parar de vender.

4 - CDs falsos têm logotipos desgastados e em negrito, enquanto os autênticos têm linhas mais finas e logotipo descentralizado, como o da foto (logo mais para esquerda).

5 - No encarte original os tons da capa são escuros, é possível notar a diferença na cor preta, onde no álbum falsificado ela aparece marrom, além dos nomes Rocky Gray e David Hodges estarem escritos errados em algumas cópias.


original

original

6 - Dica importante! Os símbolos de direitos autorais (© & ℗) na parte de trás dos  encartes verdadeiros, não são realmente os símbolos de direitos autorais, mas sim um "C" e um "P" cercados por semicírculos, igual ao "E" do logotipo do Evanescence. Essa informação você encontra do lado esquerdo escrito na vertical. 







7 - Além de todos esse detalhes que você deve se atentar, não podemos esquecer que o álbum original possui uma faixa oculta, a faixa número 0 (outtake de Anywhere) e não existe nenhuma versão de Bring Me To Life no Origin como pode aparecer em alguns falsos. O álbum completo traz 11 faixas, sem contar a oculta.
8 - Ficou mais fácil depois de todas essas dicas? Agora é só juntar as moedinhas e ir atras do seu Origin, mas vale lembrar que autógrafos não fazem um item ser original, então tenha cuidado, a analise tem que ser cuidadosa principalmente em vendas onlines. Sempre peça fotos em alta qualidade e verifique os códigos e o encarte com atenção. Boas compras! Não se esqueça de mandar uma foto de sua coleção de álbuns pra gente no Twitter.


Créditos/Imagens e dados:
Evanescence Reference

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.